terça-feira, 16 de abril de 2019

a indeterminação objetal


a medida do impossível se destaca
nos objetos fartos de precisão

uma cadeira – o objeto bruto
compõe-se de espaços e tempos

ou

o braço amigo que te enlaça
tudo faz parte do equívoco

a que soterrados se percebem
os homens contra a nulidade

do espavento

(oswaldo martins)


Janela


quarta-feira, 10 de abril de 2019

a criatura iníqua


górgona faz dançar
as extensas serpentes da opressão

medusa pede rostos
com que emparedar os coxos

esteno, náusea e dor
incentiva no corpo do leproso

a euriale que se põe ao largo
para saborear o sobejo dos despojos

(oswaldo martins)

terça-feira, 9 de abril de 2019

OS CINCO SENTIDOS


 Todos os dias o ouvido ouve aquilo que ainda não ouviu.

Provérbio Bambara, Mali


Não há dia nenhum
em que os teus ouvidos
não oiçam

aquilo que nunca antes
lhes foi dado escutar.

Não há dia nenhum
em que os teus olhos
não vejam

aquilo que nunca antes
lhes foi dado observar.

Não há dia nenhum
em que o teu nariz
não inale

um odor que nunca antes
lhe foi dado a conhecer.

Não há dia nenhum
em que as tuas mãos
não tocam

em algo que nunca antes
lhes foi dado acariciar.

Não há dia nenhum
em que a tua boca
não prove

um sabor que nunca antes
lhe foi dado a degustar.

Não há dia nenhum
em que a vida,
o mundo,

os cinco sentidos
não te surpreendam.

− Não há dia nenhum!
Não há dia nenhum!
Não há dia nenhum!


ZETHO CUNHA GONÇALVES
In: O Sábio de Bandiagara: Esconjuros, ebriedades e ofícios. Lisboa: Maldoror Livros, 2018.

quarta-feira, 3 de abril de 2019

o falso mendigo


pinguilim vivia deitado nos bancos
todos aqueles que rompiam anchos
satisfeitos de si a porta mágica
a virar a cara e a correr à socapa

daquele emblemático descidadão
calçado por tênis achados
calças largas e meias rotas
que lhe mostravam o dedão

voltariam sempre e sempre ali
o velho emblema os esperava
com a máscara de que fugiam

os édipos de olhos vagos
a julgarem as escusas do totem
que os acusava com desdém

(oswaldo martrins)

segunda-feira, 1 de abril de 2019

o cozinheiro absoluto

para walnice

os utensílios enigmáticos
em seu preparo de licores

macios se desdobram
os deuses em suas iras

ferem a carne
fazem vagar o corpo

no tempero dos sabores
à primeira hora

seja cebola, alho ou kummel
revelam -se no toque afiado

em que a língua goza
a aguda forma de poema

(oswaldo martins)